Epecialidades
Transplante Capilar

FUE Robótico

O transplante capilar robótico é realizado através da técnica FUE ( Follicular Unit Extraction), que consiste na retirada de unidades foliculares uma de cada vez, através de uma agulha e um punch, evitando assim, o corte na área doadora ( região posterior da cabeça) e consequentemente uma cicatriz linear. As unidades foliculares podem ter em sua estrutura, 1, 2 , 3, 4 ou mais fios de cabelo. Essa coleta é realizada intercalando a extração dos folículos, ou seja, retiramos uma unidade folicular e “pulamos” algumas que estão em volta desta, com o objetivo de manter a densidade capilar na área. Assim, o aspecto do cabelo na área doadora continua natural sem a impressão de estar “ralo”.

Na técnica robótica, o robô Artas, realiza a primeira etapa da cirurgia, que é chamada de etapa de extração. O paciente é posicionado em uma cadeira específica, onde o braço robótico coleta as unidades foliculares através de uma agulha e um punch. Todo esse movimento é controlado pelo médico que estará com um controle remoto e uma técnica assistente que estará em um computador. Em conjunto, eles controlam a retirada das unidades foliculares pelo robô.

O transplante pelo método robótico, veio para diminuir o tempo de cirurgias grandes e da etapa de extração, já que em alguns casos, o robô é capaz de coletar mais de 1000 unidades foliculares em uma hora, mantendo a precisão e qualidade dos folículos.

Após a etapa de extração, iniciamos a etapa de implantação dos folículos, que após serem, contados e separados cuidadosamente no microscópio pelas técnicas de cabelo, são implantados manualmente um a um pelo médico.

Como é feita a anestesia?

Trata-se de uma cirurgia ambulatorial, portanto, não se faz necessária a sedação do paciente, é realizada uma uma anestesia local na área onde será trabalhada. O paciente pode ficar acordado, interagindo com a equipe , escutando música, lendo algo de interessante em seu celular ou simplesmente dormir natuaralmente. Após o procedimento não há internação, o paciente é liberado para sua casa , com todas as orientações pós-operatórias a serem seguidas, prescritas pelo médico.

FUE Manual

O transplante capilar pelo método manual, também é realizado pela técnica FUE, a mesma realizada pelo transplante robótico, onde retiram-se  as unidades foliculares, uma de cada vez sem corte da área doadora.

Nesta técnica, fazendo o uso de uma lupa de grande alcance, o médico utiliza um aparelho, onde há uma espécie de agulha sem ponta, chamada punch, para coletar manualmente  as unidades  foliculares uma de cada vez.

Após a extração, é realizada a implantação dos folículos, manualmente pelo médico.

É uma técnica muito utilizada e indicada para diversos casos, por isso, faz-se tão importante a consulta médica, para uma avaliação precisa do paciente.

Como é feita a anestesia?

Como se trata de uma técnica FUE, não é necessária sedação e sim a anestesia local, igualmente feita na técnica robótica, onde o paciente interage com a equipe e é liberado logo após o término do procedimento e orientações médicas pós- operatórias.

Técnica FUT

A técnica FUT (Follicular  Unit Transplantation), é uma técnica muito utilizada e bem indicada para alguns casos de calvice. Ela consiste  na retirada de uma faixa linear do couro cabeludo, para que haja a separação das unidades foliculares com o auxílio de um microscópio.

Os folículos são lapidados e separados de acordo com a quantidade de fios que possuem, para então serem implantados na área calva do paciente.

Trata-se de uma técnica um pouco mais invasiva que a técnica FUE, portanto, dependendo do tamanho da faixa a ser retirada,  faz-se necessário o uso de um centro cirúrgico e anestesia com sedação, para maior segurança  e conforto do paciente.

Transplante Feminino

Se a calvície é um drama para os homens, imaginem para as mulheres. Não que as mulheres sejam mais dramáticas que os homens, não é isso – claro que não. Acontece que as mulheres têm uma relação emocional/afetiva muito forte com suas madeixas desde a infância.

Sabemos que calvície feminina é tão comum quanto a masculina, porém menos severa, e de uma apresentação clínica diferente.

A calvície feminina é classificada em 3 tipos principais. A classificação é baseada na rarefação capilar que se inicia na linha de repartição dos cabelos, e que evolui lateralmente acometendo toda a superfície superior do couro cabeludo.

O aperfeiçoamento das técnicas de transplante capilar, no entanto, tem atraído cada vez mais o público feminino, que muitas vezes só têm este recurso como opção.

Transplante de Barba

O tratamento para corrigir falhas ou dar densidade a barba pode ser feito por tratamento clínico ou transplante de barba, onde o segundo, pode ser realizado por 3 técnicas: FUT (Follicular Unit Transplantation), FUE Manual (Follicular Unit Extraction) e FUE Robótico, que são as mesmas utilizadas no transplante capilar.

Como funciona?

Basicamente, retiramos as unidades foliculares da área doadora do couro cabeludo do paciente, ou da própria barba em caso de falhas, e implantamos na região da barba.

O procedimento é praticamente o mesmo do transplante capilar, mudando somente a área de implantação.

Para o paciente interessado em transplante de barba é necessário que passe por uma consulta médica a fim de que seja identificada a técnica mais adequada para o caso específico, sendo ele falha ou reconstrução, como é o caso de pacientes com cicatrizes traumáticas ou cirúrgicas e até mesmo a ausência de barba.

Agende uma Avaliação

Antes de começar, precisamos coletar um pouco de sua informação para fornecer a você os melhores resultados.

Agendar Avaliação